Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \14\UTC 2013

Meu anjo, teu nome, Francisco, foi escolhido sem um motivo específico. Mas eu acredito em destino, e acho que teu nome não foi escolhido á toa. Quando cresceres não sei se seguirás alguma religião, se serás agnóstico ou mesmo ateu. Isso não importa, as palavras da oração que lerás abaixo tem um significado muito bonito, independente de religião, e talvez te faça compreender o porquê de eu achar que teu nome foi escolhido por um motivo maior.

Oração de São Francisco de Assis

Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.

Onde houver ódio, que eu leve o amor;

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;

Onde houver discórdia, que eu leve a união;

Onde houver dúvida, que eu leve a fé;

Onde houver erro, que eu leve a verdade;

Onde houver desespero, que eu leve a esperança;

Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;

Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, Fazei que eu procure mais

Consolar, que ser consolado;

compreender, que ser compreendido;

amar, que ser amado.

Pois, é dando que se recebe,

é perdoando que se é perdoado,

e é morrendo que se vive para a vida eterna.

 

A notícia de que tua mãe estava gravida veio em momento de muita dor em nossa família. Tínhamos perdido uma pessoa muito importante para todos: tua bisavó. Nessa oração tem as palavras “onde houver tristeza, que eu leve a alegria”, e foi isso meu amor, que desde o primeiro segundo de tua existência trouxeste para nós.

Como foi maravilhoso acompanhar a gravidez de tua mãe. Ver a barriga dela crescendo, ver as ultrassonografias, comprar roupinhas para ti. E que emoção foi para mim receber uma foto tua, a primeira foto, minutos após o teu nascimento. Na primeira vez que te peguei no colo senti medo de te machucar, tão pequeno eras. Mas foi só cresceres um pouco para eu descobrir o quanto eras forte, e inteligente e independente. Me emocionei a cada novidade de tua vida: a primeira papinha, a primeira fantasia, a primeira vez que engatinhou, os primeiros passos, as primeiras palavras, e ainda não tens nem um ano de idade!

Este texto, meu amor, é para que saibas o quanto és especial. O quanto és amado por toda tua família. E também para que saibas que tens em mim não só uma tia, mas também uma mãe, uma amiga, alguém que estará sempre de braços abertos para te receber, alguém que será sempre ‘tua torcida gritando gol’. A cada dia, desde o teu primeiro dia de vida, eu agradeço e comemoro tua existência. Obrigada meu amor, meu sobrinho, meu anjo, por existir. Te amo mais do que tudo.

 

Anúncios

Read Full Post »

Older Posts »